Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Críticas a religiões, charlatões e coisas estranhas que as pessoas dizem acontecer mas que não conseguem provar na prática.
Falaremos de coisas estranhas da bíblia , do alcorão, do livro dos espíritas e qualquer outra obra, tudo de forma irreverente e descontraída.
Post Reply
User avatar
javanunes
Site Admin
Posts: 91
Joined: 05 Nov 2017, 19:33
facebook or youtube:

Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Post by javanunes » 26 Jan 2018, 03:11

Hoje em dia temos várias pessoas que não sabem nem onde colocar a constante de Plank dentro de uma equação e mesmo assim, devido a gurus mágicos por aí que pregam muito e praticam pouco, acham saber o que realmente é física quântica.
Image

Pelas vias normais uma pessoa para dominar essa matéria levaria 3 anos para aprender a matemática avançada que ela exige, depois a pessoa precisaria cursar mais 4 anos de uma matéria ligada à física ( https://uspdigital.usp.br/jupiterweb/li ... 101&tipo=N ) para depois fazer uma pós graduação de dois anos ou mais em mecânica quântica.
Entretanto temos várias pessoas que nem se quer tem o colegial completo dizendo que sabem tudo de física quântica.

Por que isso acontece?
Devido a conceitos mal compreendidos da quântica como por exemplo um elétron desaparecer e aparecer em outra órbita , uma partícula que fica em estado oposto conectada a outra temporariamente e a mudança do resultado de medição de uma partícula graças a sua observação(seja por humanos ou máquinas) em locais controlados, temos um monte de espertalhões usando essas características que parecem sobrenaturais para alimentar a ideia de que o mundo espiritual existe e que através da física quântica esse mesmo mundo pode ser manipulado para se obter o sucesso. As pessoas que seguem esses espertalhões em sua grande maioria não são pessoas formadas e nem tão pouco conhecem o método científico para detectarem os erros grosseiros que esses enganadores disseminam como se fosse quântica. É a mesma coisa de um aluno semi analfabeto com parentes analfabetos, não viajados que sempre viveram no interior, ter um professor de geografia desonesto que diga a ele que o Japão fica na Europa, se esse aluno nunca estudou essa matéria por conta própria e nem se quer conheceu alguém que viajou para esse lugar, nunca ele irá saber que essa afirmação é tão estúpida como dois mais dois são sete, para um aluno assim só lhe resta acreditar no seu professor e se um dia ele for questionado, irá defender de forma irredutível o seu professor. Vai ver que é por isso que o ditado diz que a fé move montanhas: a pessoa pela fé é capaz de fazer coisas absurdas e brigar por elas sem ao menos ousar a se questionar. Soma-se a isso o fato da disciplina ser ensinada de forma enfadonha , o que faz as pessoas fugirem do real entendimento para irem parar na mão dos entendimentos rápidos e grosseiros dos charlatões.

Um exemplo de erro grosseiro?
Um exemplo de erro grosseiro ensinado pelos gurus sobre mecânica quântica é que o pensador pode controlar uma partícula para gerar uma nova matéria ou situação favorável. Sendo que a mecânica quântica verdadeira não diz que você irá criar matéria ou uma situação favorável com o poder da mente, o que ela afirma é que não o pensador mas sim o observador , que pode ser inclusive uma máquina, pode fazer no experimento da fenda dupla uma interferência que ocasione a partícula ora ter comportamento de onda, ora ter comportamento de partícula, não é criada nova matéria por isso nem tão pouco lhe acontece uma situação favorável. O que acontece apenas é quando nós vamos medir alguma coisa , seja com os nossos olhos, seja com uma câmera fotográfica, usamos a reflexão dos fotons que levam a luz para enxergarmos uma coisa para medirmos, esses fótons no mundo macro podem não mudar as coisas, mas no mundo das subpartículas onde é feito o experimento da fenda dupla, na verdade quem interfere na particula-onda são os fótons , eles é que fazem colapsar, não tem nada de mágico nisso. Ou seja, não existe o pensador mas sim o observador, não existe mágica fazendo o colapso mas sim a interferência dos fótons a grosso modo.

O que endossa?
O que endossa os espertalhões que dizem que a fé pode colapsar onda é o conceito de física quântica mentalista desenvolvida por John von Neumann, onde ele se questionava se a onda era colapsada porque nós pensávamos em medi-la e se o colapso de fato não acontecia na nossa cabeça, mesmo assim nesse conceito Neumann não afirmava que pensando na hora da medição em um objeto de consumo esse objeto se materializaria.
A questão para ela era apenas se o colapso se fazia na nossa mente ou sem a necessidade dela.

Hoje em dia o que temos de charlatões?
Hoje em dia temos várias pessoas explorando incorretamente os conceitos de física quântica para terem uma fonte de renda, temos pessoas que se intitulam como médica quântica, ginecologista quântico, terapeuta quântico e outras bizarrices que prometem curar as pessoas sem nem se quer usarem uma propriedade sub atômica manipulada com instrumentos adequados, basta se usar a fé e pronto, os elétrons o obedecem para tudo.
Esses charlatões usam o experimento da fenda dupla para legitimarem tudo mas eles se esquecem que nesse experimento eu uso partículas ou sub partículas de alguma coisa para fazer a observação do colapso, já na loa deles eles não explicam de que coisa/matéria/elemento deve-se pegar as ondas para formar a prosperidade, simplesmente eles pregam que pensamento colapsa mas não dizem de que elemento sai as subparticulas para colapsar o que deseja: é da água, do oxigênio, do bário, do plutônio , do carbono ou outra coisa.
Será que eles colapsam com o pensamento a radioatividade de lugares como Chernobil?
Eu me lembro que uma certa mulher que dizia fazer milhões de coisas com o poder da física quântica apensas usando o poder da mente, usou a justiça para bloquear vários vídeos meu no Youtube, ora bolas, por que ela não usou o colapso pela mente dela para fazer os meus vídeos ficarem borrados, de trás para frente ou danificados nos servidores ao invés de recorrer a um juiz? Gozado, não?

Todos os crentes em física quântica da prosperidade são mal instruídos ?
Não, existe alguns que têm formação acadêmica sobre o assunto porem eles pregam coisas que não podem ser provadas nem nos próprios laboratórios deles, sabem muito de física quântica mas aquilo que eles alegam que a física quântica possa fazer no campo espiritual só fica no mundo das ideias e não no mundo prático onde uma experiencia pode demonstrar o que eles afirmam, é muito incoerente uma pessoa afirmar que algo é assim ou assado se ela mesmo não pode criar um experimento que demonstre isso, se ela não pode demonstrar como é essa coisa, então como se pode afirmar o que é ou o que deixa de ser?

A física quântica existe?
Sim, existe a real física quântica aprendida em faculdades que inclusive já gerou tecnologia para nós, os transistores e o raio laser são exemplos de objetos criados com ajuda da quântica, veja que agora temos a criação de computadores quânticos pela D-Wave System, empresa essa que ja vendeu computadores quânticos para empresas como o Google. Abaixo podemos ver a imagem de um processador para o computador quântico

Image

Comutador quântico da D-Wave, custou 15 milhões de dolares e ainda suspeita-se que não seja quântico
Image

Bom, eu nunca tive a oportunidade de ver um desses pessoalmente, mas dizem que ele processa dados mas para isso deve ficar isolado da luz e em temperaturas muito baixas , diferente dos processadores dos nossos computadores caseiros que são quentes e podem ficar expostos a qualquer um.
Eu gostaria de perguntar aos seguidores dos charlatões quânticos se o conhecimento que eles conseguem com as palestras e aulas dos seus gurus permitem a eles criarem processadores como os de cima ou pelo menos os habilitam no mercado de trabalho para irem trabalhar em empresas como essa que criou esse processador.

Deixe a sua opinião abaixo, se a discussão ficar muito grande a ponto de ninguém entender ou ocupar muito espaço, respostas poderão ser apagadas.

Para aqueles que querem aprender física quântica de verdade, eu sugiro o link do curso introdutório dessa matéria em:
https://ocw.mit.edu/courses/physics/8-0 ... /index.htm
oferecido pelo MIT, uma das maiores instituições de ensino do mundo!
Image

Gustavo
Posts: 1
Joined: 29 Jan 2018, 17:33
sexualidade: Alienígenasexual
favorite player: Cristiano Ronaldo
facebook or youtube: https://www.facebook.com/naoescrevopoisnaotempq

Re: Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Post by Gustavo » 29 Jan 2018, 19:31

Oi. Gostaria de fazer umas observações do que você diz no seu canal sobre os charlatões, mais especificamente sobre a RH e o que você diz sobre o que achamos que é o colapso.
(Não entendo a matemática da MQ, o que não significa que não pesquiso e nem que não pretendo entender. Nesse texto só quero demonstrar algumas coisas que eu penso que você tenha interpretado errado sobre o que acredito. Não considere isso uma nova discussão ou algo do tipo, pois nós dois temos a perspectiva de que negaremos um ao outro quantas vezes for necessário, e achamos coerente a nossa própria visão. Só gostaria de apresentar alguns fatos que eu PENSO que você tenha ignorado, ou seja, não tenho certeza. )

O COLAPSO E A TEORIA
Uma coisa que eu achei bem estranho é que você diz que nos baseamos no princípio mentalista de Von Neumaan. O conceito, apesar de surgir daí, não é o mesmo. Na verdade é o seguinte : "O físico quântico Amit Goswami defende a tese de que a consciência humana pode influenciar as probabilidades do mundo quântico. Segundo ele, as ondas quânticas são ondas de possibilidades em potencialidade transcendente, e precisam da consciência para reduzir a possibilidade a uma realidade, colapsando a função de onda, o que é feito exercendo sua liberdade de escolha.
A consciência seria o agente que causa o colapso da função de onda dos objetos. Assim, o ser humano colapsa a função de onda a todo o momento quando faz uma escolha (observa), criando sua própria realidade.
Goswami propõe um modelo baseado em uma nova ciência fundamentada na Mecânica Quântica e no primado da consciência
(filosofia do Idealismo Monista), segundo o qual a consciência é o fundamento do Universo e não a matéria. Tanto o mundo material quanto o mental (pensamento e sentimento), são criados pela consciência.
A consciência – considerada a base do ser e não um epifenômeno do cérebro – media as ações paralelas da mente e do cérebro. Na interpretação da Mecânica Quântica baseada na consciência, reconhece-se que a consciência é tanto necessária quanto suficiente para realizar a tarefa de colapsar a onda de probabilidade. Nenhuma máquina material pode precipitar um colapso." Mentes In-formadas, pág 293
Ou seja, na verdade nos baseamos na interpretação dos conceitos da Mecânica Quântica com base no Idealismo Monista. (Enquanto a física ortodoxa tende a ser aristotélica e não considerar a consciência um produto fundamental)
Não nos baseamos em impossibilidades, como se fossemos pensar e do nada apareceria um carro em nossa casa ou que um vazamento ocorra e, por não estarmos pensando nele, na verdade ele não existe. O tal do Materializar é DENTRO das possibilidades, não impossibilidades. Não se exclui nenhuma lei universal aqui, nem existe paradoxo de semáforo, pois o conceito implica que só existe uma única consciência que decide, em última instancia (explicada no livro O Universo Auto Consciente como necessária para não ocorrer o paradoxo do Amigo de Wigner e no Livro Mentes In-formadas com embasamento de in-formação e de consciência). A pessoa obviamente vai ter que trabalhar para ganhar para ter dinheiro, ir a concessionária e comprar o carro (ou outras possibilidades existentes).
O que se consegue com o que se tem no conteúdo da consciência, grosso modo, é ver e ter mais oportunidades para conseguir o que quer e IR comprar/fazer/estudar/ganhar/ver/etc o que se quer. O conceito consiste em emanarmos uma onda de possibilidade que colide com outra com o mesmo conteúdo (já existente no Vácuo Quântico), elevando a onda ao quadrado e formando a probabilidade. Isso acontece toda vez que fazemos uma escolha mental ou estamos ainda pensando em fazer algo, por exemplo, e vira realidade quando escolhemos.

RESSONÂNCIA HARMÔNICA (não colocarei nenhuma teoria interpretada pessoalmente por mim aqui, somente o que diz o livro Mentes In-formadas nas páginas 284 até 272 ) (Se você já leu, nem precisa ver o que eu colocarei aqui.) (Se você quiser pode pular logo para a "PARTE PRINCIPAL", lá está a "conclusão" e o algumas criações que corroboram com a RH, não precisa necessariamente ler tudo)
Primeiramente, a RH não precisa ser associada diretamente com o que falamos de "materializar", o que exclui qualquer opinião pessoal sua por parte de dizer que só percebemos a diferença quando começamos o processo simplesmente por acreditarmos naquilo, além de você não apresentar qualquer refutação aos princípios dessa tecnologia.
---
"[...] Se tudo o que existe é formado pelas mesmas partículas, o que lhes determina sua identidade material? A resposta a todas estas perguntas é: a INFORMAÇÃO.
O motivo pelo qual as coisas conservam suas características e sua identidade no espaço e no tempo deve-se à informação que as define
como elas são, interagem e evoluem. Os cientistas verificaram que a informação é um aspecto inerente à natureza do Universo, ou seja, tudo o que existe tem uma informação própria, intrínseca a ela."
---

Ervin Laszlo, filósofo e teórico de sistemas, explica no excelente
livro A Ciência e o Campo Akashico: “Descobertas revolucionárias revelam que nas raízes da realidade não há apenas matéria e energia, mas também
um fator mais sutil e igualmente fundamental, um fator que podemos descrever melhor como informação ativa e
efetiva: a in-formação, termo escolhido pelo físico David Bohm para se referir ao processo que dá forma às coisas"."

---
"A In-formação é uma conexão sutil, quase instantânea, não-evanescente e não-energética entre coisas em diferentes locais do espaço e eventos em diferentes instantes do tempo. Tais conexões são denominadas “não locais” nas ciências naturais e “transpessoais” nas pesquisas sobre consciência."

---
[...]
Laszlo nos explica que o Vácuo Quântico contém a informação de tudo que existe , existiu e existirá, agregando toda a informação de toda a história do Universo, sem limites de armazenamento:
“Desse modo, o vácuo transporta informações sobre os átomos, moléculas, macromoléculas, células e até mesmo sobre organismos, populações e ecologias de organismos. Não há nenhum limite evidente para a informação que os campos de ondas que interferem no vácuo poderiam conservar. No computo final, eles poderiam transportar in-formações sobre os estado de todo o universo. Devemos notar que a in-formação transportada no vácuo não está localizada, confinada apenas num único local. Como acontece num holograma, o vácuo transporta a in-formação
em forma distribuída, presente em todos os pontos onde os campos de ondas se propagaram. Os campos de ondas que interferem no vácuo são hologramas naturais. Eles se propagam quase instantaneamente, e nada pode atenuá-los ou cancelá-los. Desse modo, os hologramas da natureza são
hologramas cósmicos: eles conectam – in-formam – todas as coisas com as demais."
É desse campo que captamos a in-formação a ser transferida ao indivíduo pela Ressonância Harmônica. A in-formação seria a maneira como a Inteligência que ordena e sustenta o Universo atua: “A fim de responder pela presença de um número significativo de partículas no universo (de “matéria” em oposição à “antimatéria”) e pela evolução progressiva das coisas existentes, precisamos reconhecer a presença de um
fator que não é matéria nem energia. É a in-formação, como chamou David Bohm, significando com isso o processo que, efetivamente, “forma” o recipiente.”
---
O universo é cheio de códigos que definem e informam a natureza das coisas. Esses códigos parecem desempenhar papéis importantes na arquitetura dos corpos: estrutura, características, qualidades e funções. Eles também regulam o crescimento e o desenvolvimento. Podemos pensar nesses códigos como algo parecido com códigos de barra ou impressões digitais. Esses códigos básicos operam em todos os níveis da realidade, funcionando como uma matriz, um sistema regulatório e um meio de comunicação em toda parte do universo. Alguns fundamentos sobre eles:
• O código básico é um conjunto de dados essenciais que definem o campo de uma substância e, a seguir, sua forma. Graças a essa informação, o código age como um primeiro esboço, o mapa a partir do qual o corpo deriva suas referências estruturais. O código rege características como extensão espacial e limites físicos.
• O código básico regula a homeostase do corpo, preservando sua forma, sua unidade, suas características e funções. Em organismos celulares, ele desempenha o papel de um sistema intrínseco de controle.
• O código básico confere um ritmo à matéria, fazendo vibrar o espaço ao seu redor; a informação, na forma de
sequências rítmicas, irradia-se para o campo, que assim permanece informado.
• O campo de informação permite ao corpo comunicar seu ser e suas características a outros, por meio de interação de campos. (Massimo Citro, em O Código Básico do Universo, 2011)

---
As moléculas vibram numa velocidade muito grande e geram um campo magnético e elástico ao seu redor. Os movimentos das moléculas são específicos, autobiográficos, bem como as perturbações do campo. O campo, portanto, forma um retrato da substância, a transcrição de suas
moléculas. Substâncias diferentes têm campos diferentes, específicos de
suas moléculas.
O campo criado pelas flutuações eletromagnéticas e elásticas é informado: contém informações sobre a forma, as dimensões, o peso e a cor da substância física. Tem autonomia, fisiologia, potenciais patologias, qualidades, funções e propriedades. Isso se aplica tanto aos campos das células quanto aos de objetos: todas as formas de vida são governadas por códigos, cuja extensão espacial é seu campo. O campo de um medicamento, por exemplo, conterá informação da estrutura molecular, de suas qualidades químico – físicas macroscópicas e de suas propriedades medicinais farmacocinéticas. No código está inscrito como esse medicamento funciona, para o que é e que ação induz.

O médico Massimo Citro desenvolveu um método chamado Transferência Farmacológica Frequencial (TFF), que é capaz de transferir as propriedades de um medicamento através dos sinais eletromagnéticos (ondas) que ele emite [...] (pág 276)

Citro vai mais além:
1)Se toda a informação necessária para curar estivesse naquilo que o medicamento emite, então não haveria necessidade de ministrar a própria massa do medicamento ao corpo humano.
2)Tudo vibra e emite ondas elásticas. Os movimentos moleculares não são caóticos, improvisados pelo acaso, mas governados por leis físicas
e regras matemáticas: são oscilações ordenadas. A informação está no ritmo das moléculas: variações, alternâncias e pulsação. Tudo emite uma
vibração que contém sequências ressonantes. Se puséssemos modificar os códigos, talvez pudéssemos mudar a estrutura dos corpos. Estes achados científicos corroboram minhas pesquisas e experiência com transferência de in-formação e tudo o que venho falando há anos:
Tudo é partícula e onda, ao mesmo tempo. Nós podemos escolher com que aspecto do objeto lidaremos. Tudo é energia e informação. Toda a informação pode ser captada e transferida.

---
"Considerando tudo o que foi exposto até aqui concluímos:
✓ A in-formação pode ser definida como a propriedade intrínseca do Universo capaz de gerar ordem, auto-organização e complexidade;
✓ A in-formação não é matéria nem energia e está presente em todos os lugares e em todos os tempos;
✓ A in-formação liga todas as coisas (partículas, átomos, moléculas, organismos, galáxias assim como a mente e a consciência) independentemente de quão longe elas estejam umas das outras e de quanto tempo se passou desde que se criaram conexões entre elas."

(PARTE PRINCIPAL)
"Da Informação Emerge o Cosmos
A revista Scientific American Brasil de março de 2012 traz o artigo “O Espaço é digital?”, no qual descreve o experimento que o físico Craig Hogan da Universidade de Chicago e diretor do Fermilab Particle Astrophysics Center fará para detectar o jitter, um ruído de fundo, que mostrará que o Universo é digital. Sugiro que todos leiam essa matéria. Neste artigo fica claro que os físicos consideram que a “informação, e não a matéria e a energia, é a unidade mais básica da sua existência”. “Que o Universo emerge da informação”.
Está dito com todas as letras que:
1. A essência do Universo é informação.
2. Que mesmo quando o papel da revista for reprocessado, a informação contida na revista não se perde e continua a existir.
3. Que com a tecnologia correta poderia ser recuperada.
4. Que o que percebemos como a realidade física é pura informação.

Em outra edição da mesma revista, diz-se que a informação permanece mesmo nas cinzas ou fumaça de uma biblioteca queimada. Todas essas afirmações são feitas por físicos! Eles afirmam que não sabem como recuperar a in-formação, mas ela permanece. Nunca desaparece.
Portanto, está claro para todos que a in-formação de tudo que existe, permanece para sempre no Universo? Passado, presente, futuro, dimensões, branas etc.?
Está claro então, que a física corrobora tudo que afirmamos sobre tudo no Universo ser in-formação?
Está claro então, que é só uma questão de se ter a tecnologia correta para acessar essa in-formação?
Está claro, então, que essa in-formação pode ser transferida?
Está claro então, que a Ressonância Harmônica é essa tecnologia?" (Pág 280)

Decodificando as Ondas Mentais
A revista “Veja” de 4 de julho de 2012, número 27, ano 45, traz um excelente artigo sobre um aparelho de nome IBrain que decodifica as “ondas eletromagnéticas produzidas pelo ato de pensar” através da análise por um computador. O inventor é Philip Low e será testado no físico
Stephen Hawking, que sofre de uma doença neurológica degenerativa. Agora vejamos algumas considerações sobre esse invento.
Quando a pessoa pensa numa palavra especifica o aparelho detecta uma onda específica. Isso significa que se a pessoa pensar “house” aparecerá uma onda que significa house. Outra palavra gera outra onda especifica. Dá para saber exatamente em qual palavra a pessoa pensou, lendo a onda emitida pelo cérebro. Portanto, a informação “house” está codificada numa onda. A onda contem a informação da palavra “house”. Não esqueçam que é uma onda eletromagnética. Lembram-se de que tudo no Universo é energia e informação. Que toda informação sobre uma coisa está contida no campo eletromagnético desta mesma coisa. Por exemplo: que a informação do livro também está contida na onda eletromagnética do livro.
Portanto, o cérebro contém toda a informação sobre ele. Mapeando as ondas podemos saber exatamente quem é o indivíduo, porque o que
ele pensa está contido na onda eletromagnética que o seu cérebro emite. (281) Um pensamento específico produz uma onda especifica. Essa onda contém aquele pensamento e pode ser decodificada. Sabendo-se exatamente o que ele pensou. A informação está contida na onda. Qualquer forma de portar essa onda carregará essa informação e a transferirá de lugar. Uma onda absorve outra onda se houver ressonância entre elas. Portanto, pode-se transferir a informação por ressonância. De onda para onda. A onda do pensamento dele pode ser transferida para a onda de outro pensamento. A informação do cérebro dele pode ser transferida para outro cérebro. Lembram-se de que eu sempre disse que era possível transferir
informação de qualquer coisa para qualquer coisa? O inventor do IBbrain diz que “A meta é descobrir se a consciência está confinada a uma área única do cérebro e se pode ser gravada, preservada e reproduzida”. Textualmente. O autor do invento também diz que a alma tem existência
independente do corpo físico e está fora das possibilidades da ciência. Neste caso ele se engana. A alma está intimamente associada ao corpo
físico, apenas em outra dimensão. E a alma também é informação. Finalmente a ciência vem confirmar tudo aquilo que venho dizendo e fazendo há muitos anos. E agora?

Desocupado Perseverante
O Jornal “Folha de São Paulo” do dia 6 de janeiro de 2012, no caderno “Ilustrada” traz uma crônica de Carlos Heitor Cony, com o título “Ficção científica”. Reproduzo a seguir uma parte deste texto: “Tudo neste mundo possui e emite ondas eletromagnéticas: um peixe na água, uma criança no berço, um avião no espaço.” “Cada gesto do homem e cada volume das coisas emitem ondas que se propagam infinitamente pelo espaço,
funcionando como transmissores. O problema é descobrir os receptores adequados para as faixas respectivas.” “Até aí, estamos no terreno da técnica atual. Mas como as ondas são infinitas, elas se propagam infinitamente. A Guerra do Peloponeso, a morte de César, a crucificação no Calvário, o naufrágio do Titanic e o gol de Gighia, o nascimento de cada um de nós foram acontecimentos que vibraram o ar e estão por ai, bastando que um desocupado 282 perseverante descubra o respectivo receptor que captará as ondas eletromagnéticas de cada gesto ou acontecimento,
acessando os trilhões de trilhões de canais que se espalham pelo Universo inteiro, em frequências proporcionais à
distância e às condições do tempo.”
Mas quando eu afirmo e comprovo que isso já é uma realidade, a resposta da maioria das pessoas é de descrédito ou repúdio total. Dá
para entender?

Transferência de In-formação
A espectroscopia é um método muito utilizado para análise de elementos simples, da estrutura química de compostos inorgânicos ou grupos
funcionais de uma substância orgânica utilizando radiação eletromagnética. Sempre que se excita uma substância com uma fonte de energia, esta pode emitir como absorver radiação em determinado comprimento de onda, desta forma permitindo uma observação do comportamento do
corpo de prova. Os resultados da análise espectroscópica de uma amostra fornecem dados sobre sua estrutura tais como geometria de ligação, natureza química de ligandos de um dado átomo, comprimentos de ligações químicas etc..
A base da espectroscopia é a natureza ondulatória das radiações eletromagnéticas, cuja variável é a frequência fundamental. Esta determina
o número de oscilações realizadas pela onda por unidade de tempo, e o comprimento de onda, distância percorrida pela onda durante um período de tempo correspondente a uma unidade de frequência, sendo o produto destas, definido como a velocidade de propagação da onda.
A espectroscopia eletromagnética envolve interações de matéria com radiação eletromagnética, tais como luz.
Como dito acima, o fundamento de qualquer espectroscopia é a interação de uma radiação eletromagnética e a matéria constituinte da amostra. A energia incidente pode ser refletida, transmitida ou absorvida. Haverá interação não somente se houver ressonância entre dois entes: a onda eletromagnética e uma partícula (átomo, molécula ou íon), mas também se a energia for mais alta que a necessária para ocorrer uma
transição eletrônica.

Portanto, os fundamentos que explicam a transferência de In-formação que ocorrem na Ressonância Harmônica, como a interação entre energia e matéria, já são amplamente utilizados no dia a dia, como vimos no exemplo acima.

User avatar
javanunes
Site Admin
Posts: 91
Joined: 05 Nov 2017, 19:33
facebook or youtube:

Re: Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Post by javanunes » 30 Jan 2018, 06:31

Não considere isso uma nova discussão ou algo do tipo, pois nós dois temos a perspectiva de que negaremos um ao outro quantas vezes for necessário, e achamos coerente a nossa própria visão.
Da forma que você descreve parece que nós nos negamos por birra e não é isso. Você defende uma coisa chamada de "física quântica da prosperidade" ensinada de forma a contradizer os autores dessa mesma disciplina, alem de contradizer experimentos amplamente testados , reproduzíveis e documentados. Repare, isso que você defende é como se o "professor" Chiquinho da Silva estivesse ensinando o teorema de Pitágoras dizendo aos seus alunos que se trata de um círculo em duas dimensões quando o que foi ensinado por Pitágoras é que ele é um triângulo com ângulo de 90° !
Sabe! É um absurdo! Se você quer falar de teorema de Pitágoras, estude o pai do ensinamento do teorema de Pitágoras e não o professor Chiquinho da Silva! Se um professor de matemática discorda de você que o teorema de P não é uma bola, não é ele que está incorreto pois a documentação da criação da teoria o corrobora, é quem acredita que o teorema de P seja uma bola que está por fora, o que se pode fazer?
O COLAPSO E A TEORIA
Uma coisa que eu achei bem estranho é que você diz que nos baseamos no princípio mentalista de Von Neumaan. O conceito, apesar de surgir daí, não é o mesmo.
Estranho? Me desculpe mas estranha foi a sua colocação. Basear-se não é e nunca foi a mesma coisa de copiar por inteiro e passar a diante simplesmente. O Kardecismo, por exemplo, se baseia no cristianismo mas um monte de suas ideias são muito diferentes do cristianismo. Um televisor se baseia na ideia de um rádio mas não é totalmente um rádio. O sistema operacional Linux se baseia em Unix mas não é o Unix da SCO. Basear-se não é sinônimo de igualdade. E para reforçar minha ideia, no livro GOD IS NOT DEAD de Amit, ele cita John von Neumann fundamentar as suas ideias exóticas.
Amit nasceu em 1939, já o brilhante Von Neumann nasceu em 1903, ou seja, não foi Neumman que aprendeu com Amit mas sim Amit que aprendeu com ele pois o citou em suas obras.
Segundo ele, as ondas quânticas são ondas de possibilidades em potencialidade transcendente, e precisam da consciência para reduzir a possibilidade a uma realidade, colapsando a função de onda, o que é feito exercendo sua liberdade de escolha.
Bom, a muito tempo Amit G não goza de muito prestígio na comunidade científica justamente por pensamentos falaciosos como esse. Recomendo a todos antes de ouvirem pessoas com grande formação acadêmica explanarem ideias, estudarem um pouco de lógica pois assim evita-se de cair no bom papo delas.
1) Se a realidade depende do colapso da onda e da consciência, como Amit G. mediu todo o universo pra saber que ele foi criado pelas duas? Afirmações exigem insumos do fato para serem reais, se não qualquer coisa afirmada por qualquer um é valido e não se necessitaria estudo ou ética.
2) Se a realidade é oriunda do colapso de onda feito por uma consciência, como uma consciência poderia fazer antes existir qualquer onda de alguma coisa para colapsar?
3) Se a consciência já existe antes da onda e a onda precisa dela para criar a realidade, é certo afirmar que a consciência faz a onda gerar a realidade? Afinal a consciência nesse caso já existe, logo é real e não precisou de onda de nada para ser colapsada e existir. Bingo! Um sofisma de Amit foi detectado!

Referente ao livro "Mentes In-formadas" , auto-ajuda sincretista cujo o autor é famoso por ensinar conceitos quânticos equivocados para falar de física quântica? Não seria mais prudente da sua parte usar referências acadêmicas que têm os seus experimentos capacitados para se experimentar em loco sem necessitar de fé ou teimosia?

Nenhuma máquina material pode precipitar um colapso." Mentes In-formadas, pág 293
O decaimento de um núcleo radioativo num local onde uma bomba atômica tenha explodido ao longo de centenas de anos é o que?

O médico Massimo Citro desenvolveu um método chamado Transferência Farmacológica Frequencial (TFF), que é capaz de transferir as propriedades de um medicamento através dos sinais eletromagnéticos (ondas) que ele emite
1) Vamos por partes: até as cores são frequências eletromagnéticas.
2) Vivemos num mundo com radiação de fundo e poluição eletromagnética feita pelo homem onde várias ondas de várias coisas passam por nós.
3) As ondas eletromagnéticas emitidas pela maioria das coisas ou por nós são muito fracas.
4) E no caso da possibilidade de ser "ler" os componentes da matéria ou do medicamento, você leria os componentes mas não
como eles foram ligados, o que em química faz toda a diferença, alem do mais a pessoa precisaria ter um senhor aparelho para registrar essas todas ondas de todos os elementos sem misturá-los com os elementos externos ou de uso da máquina medidora, alem de se ter o problema de gravar tudo isso depois em um material que já tenha a sua própria frequência e aceite mudá-la toda pela frequência que se quer.
A ideia não é tão absurda quando "colapsar realidade" mas exige muita tecnologia e dinheiro engatinhar. A propósito, você teria o link do artigo científico em uma revista científica para eu apreciar?
Tudo neste mundo possui e emite ondas eletromagnéticas: um peixe na água, uma criança no berço, um avião no espaço.” “Cada gesto do homem e cada volume das coisas emitem ondas que se propagam infinitamente pelo espaço,funcionando como transmissores. O problema é descobrir os receptores adequados para as faixas respectivas.”
Informação só é informação quando é possível a sua correta interpretação , se as ondas eletromagnéticas minhas andam por aí, temos que levar em conta que elas podem sofrer desvios e interferências de toda entropia possível, tornando praticamente impossível a sua interpretação correta se eu não tiver o conhecimento das interferências , podendo se gerar até mesmo um hash irreversível da informação.
Se bem que pra mim isso não tem muito a ver com o que estamos falando aqui.

Transferência de In-formação
A espectroscopia é um método muito utilizado para análise de elementos simples, da estrutura química de compostos inorgânicos ou grupos
funcionais de uma substância orgânica utilizando radiação eletromagnética. Sempre que se excita uma substância com uma fonte de energia, esta pode emitir como absorver radiação em determinado comprimento de onda, desta forma permitindo uma observação do comportamento do
corpo de prova. Os resultados da análise espectroscópica de uma amostra fornecem dados sobre sua estrutura tais como geometria de ligação, natureza química de ligandos de um dado átomo, comprimentos de ligações químicas etc..
A base da espectroscopia é a natureza ondulatória das radiações eletromagnéticas, cuja variável é a frequência fundamental. Esta determina
o número de oscilações realizadas pela onda por unidade de tempo, e o comprimento de onda, distância percorrida pela onda durante um período de tempo correspondente a uma unidade de frequência, sendo o produto destas, definido como a velocidade de propagação da onda.
A espectroscopia eletromagnética envolve interações de matéria com radiação eletromagnética, tais como luz.
Como dito acima, o fundamento de qualquer espectroscopia é a interação de uma radiação eletromagnética e a matéria constituinte da amostra. A energia incidente pode ser refletida, transmitida ou absorvida. Haverá interação não somente se houver ressonância entre dois entes: a onda eletromagnética e uma partícula (átomo, molécula ou íon), mas também se a energia for mais alta que a necessária para ocorrer uma
transição eletrônica.

Portanto, os fundamentos que explicam a transferência de In-formação que ocorrem na Ressonância Harmônica, como a interação entre energia e matéria, já são amplamente utilizados no dia a dia, como vimos no exemplo acima.
Pelo o que me consta a espectroscopia é um conjunto de técnicas para se obter informações químicas e físicas de um determinado elemento que pode ser molecular ou atômico e que eu saiba, essas informações simplesmente não criam as propriedades químicas que registraram por uso de ressonância mesmo porque para eu reproduzir essas propriedades por essa ressonância em som CD/DVD eu teria que eliminar também a influencia limitante dos aparelhos que a reproduzem. O meu computador pode ter a foto de um pôr do sol em detalhes também gravado, porem isso
não quer dizer que se eu imprimir essa foto, o papel irá transmitir sol, calor e energia como o sol!
Veja só as possibilidades interessantes que poderiam provar essa "transferência de In-formação" : gravar as informações por meio de espectroscopia de um elemento radioativo , transportar de forma segura e espalhar energia radioativa com o simples toque de CD/DVD de ressonância!
Imagine só, ninguém precisaria mais enriquecer urânio, era só copiar as suas características depois de enriquecido e sair copiando por aí.
Bom amigo, ainda falta muito para o homem conseguir criar uma impressora 3D nuclear !


E fazendo um apanhado rápido eu noto que você esta pegando passagens de livros, porem os livros são dos mesmos autores conhecidos por passarem conhecimentos equivocados de física. É a mesma coisa que se pegar um livro de um teólogo evangélico para se discutir a existência de Deus, é claro que o evangélico terá um forte viés confirmatório e no final é bem provável que ele irá concluir pelos estudos dele que Deus existe.
O que eu quero lhe mostrar com isso? Eu quero mostrar que física de verdade se faz mostrando repetições da natureza observáveis e reproduzíveis por qualquer um, inclusive aqueles que não concordem. Em física de verdade é necessário se dar o mesmo peso para as ideias que me agradam e principalmente aquelas que não me agradam também para se testá-las livre de vícios ou favoritismo e eu não noto isso no seu professor H.C. e nem no Amit, ambos fazem afirmações lindas mas cheias de erros de lógica e não conseguem ser reproduzidas por qualquer um sem falhas dadas as regras e de forma a resistir outras contradições. A física não foge à contradição pois todos nós somos vulneráveis à falhas, agora veja, nas teorias de pessoas religiosas ou movidas por fé, curiosamente nunca existe falhas reconhecidas por elas mesmas no que elas pregam, mesmo na condição de ser humano e sem com isso terem criado tecnologia própria, ou seja, existe alguma coisa erra nisso.

Outra observação, por que o tempo que você perdeu lendo obras desse senhor que está claramente equivocado usando química com sincretismo , você não procurou obras de Niels Bohr, Schrödinger , Faraday e Von Neumman ? Afinal por que procurar água na esgoto quando se tem a fonte?
Eu realmente não entendo porque se recurar estudar os pais da disciplina ao invés dos seus péssimos alunos que nunca criaram tecnologia alguma para melhorar o mundo?

Referente às suas citações de obra, eu teria seguramente muitas outras citações reconhecidas para postar aqui para você também ver, então qual seria o critério de desempate para saber quem está correto? Os testes assistidos e atacados por pares contrários ao que eu penso e um pouco de lógica na hora de se analisar afirmações. Alias muitas das teorias que você colou acima nem faseáveis são, colocando-as como teorias ruins.

O que é eficaz , é impossível não se conseguir provar!

Rafael RC
Posts: 1
Joined: 16 Feb 2018, 02:02
sexualidade: Hétero
favorite player: Cristiano Ronaldo
facebook or youtube: facebookfacebookfacebookfacebook

Re: Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Post by Rafael RC » 16 Feb 2018, 02:25

Fui enganado pelo Hélio Couto com sua falsa ferramenta RH (Ressonância Harmônica).

Vou relatar resumidamente o meu caso, pois eu não desejo que ninguém seja prejudicado da maneira que eu fui.

Comecei a estudar sobre a RH em outubro de 2017 e caí na realidade começo de fevereiro de 2018.
Eu assisti TODOS os vídeos, tanto gratuitos como pagos (mais de 220 horas), li os livros Mentes In-Formadas, Marketing e Arquétipos, Negócios In-Formados, usei o CD da RH por quase três meses, gastei mais de 500 reais com o CD e os vídeos.

Obtive melhoras pessoais sim, mas não por causa do RH ou a famosa "expansão da consciência", mas porque eu trabalhei mais.

O HC pegou conteúdos diversos, bateu no liquidificador, e se aproveitando da ingenuidade das pessoas ele as faz de trouxa, como eu fui, vendendo um CD vazio, com nada do que magicamente promete.

Hoje vejo o tamanho da minha ignorância, movido pela emoção e não pela razão, ignorei os fatos e paguei o preço por isso.
Concordo com tudo o que o "javanunes" apresenta no seu canal do youtube referente a patifaria quântica.

Enfim, errar faz parte, espero que meu aprendizado sirva para outros também, desejo felicidades para todos, obrigado!

User avatar
javanunes
Site Admin
Posts: 91
Joined: 05 Nov 2017, 19:33
facebook or youtube:

Re: Física quântica da prosperidade - Charlatanismo moderno

Post by javanunes » 16 Feb 2018, 03:41

Para se precavermos de situações assim precisamos exigir provas do que se prega, ainda quando alegam ser algo relacionado à física quântica.
Se um professor real de física quântica em uma faculdade afirma algo sobre algum fenômeno, certamente ele terá meios como laboratórios para demonstrar aquilo que o aluno precisa aprender, isso sem usar a desculpa de que falta fé para se comprovar o que se ensina.

Justamente por isso as pessoas que defendem a macumba "quântica" propõem a "mudança de paradigma" , ou seja, abandonarmos o mesmo paradigma que possibilitou o conhecimento e formação da disciplina da mecânica quântica verdadeira para usarmos o paradigma já bem conhecido que as religiões adotam que é: acreditar, para depois ver...

Isso seria o mesmo que um tipo de futebol que está perdendo nos 30 minutos do segundo tempo mudar as regras do jogo só para alavancar a vitória dele mesmo em prejuízo do outro que estava vencendo seguindo todas as regras estabelecidas anteriormente.

Resumindo, se alguém fala que pode materializar algo usando 100% da fé e chama isso de quântica, peça informações de como conseguiram correlacionar pensamento e acontecimento em equação que demonstre sem erros isso e depois exija que a pessoa demonstre isso, afinal, se um professor de física afirma algo, ele deve ter se baseado em situações que é possível se reproduzir e chegar aos mesmos resultados propostos, seja a situação produzida por crédulos ou não.

Post Reply